quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Gloxínia

(foto:Leserre)

Lá no Rainhas do Lar eu fiz um post sobre uma flor que é a cara do Natal,o bico-de-papagaio.

Pra escrever aqui, fiquei pensando numa outra alternativa, também igualmente linda e um pouco esquecida dos nossos lares, a gloxínia.

Essa flor é uma das que eu mais gosto, eu me lembro da quantidade que minha mãe e minha tia Conceição ( minhas primeiras professoras da jardinagem) tinham, bem nessa época do ano elas floresciam e davam aquela fartura de flores.

Então, pensando num Natal tropical, elegi essa flor nativa da nossa Mata Atlântica, pra voltar "á moda"...hehehe

A gloxínia é uma planta bulbosa, tem folhas bem grandes com uma espécie de veludo por cima, as flores tem cores variadas, roxo, vermelho, rosa, branca, ambas do tipo simples e dobrada( como popularmente chamamos as variedades maiores).

Depois do florescimento ela perde todas as folhas, parece que morreu, mas o bulbo continua lá no vaso.As regas devem diminuir nessa fase, a terra deve ficar só com uma leve umidade.

Assim que ele começa a brotar, pode receber uma adubação com NPK 4-14-8(1 colher de sopa rasinha) ou farinha de ossos(1 colher de sopa mais cheia, não transbordando). Repita essa adubação 1x a cada mês.

(foto:Flickr Aleuck2007)

No ano seguinte ele começa a rebrotar as folhas pra florescer novamente.

A mistura ideal de solo deve ser rica em matéria orgânica:
1 parte de terra vegetal
1/2 parte de terra comum
1/2 parte de areia de construção lavada
1 parte de húmus de minhoca


O bulbo não deve ser enterrado muito profundo, porque as folhas podem ter dificuldade pra sair, observe o bulbo, o lado que as folhas sairão(chamado coroa), deve ficar para cima.

O solo deve ficar sempre úmido, sem encharcamento, as folhas e flores não devem nu ser molhadas, é o mesmo cuidado com as violetas, já que elas pertencem á mesma família. Aliás folhas aveludadas nunca devem receber água.

A gloxínia é perfeita pra decorar interiores, pois não pode ficar exposta ao sol direto,quando recebe o sol forte as folhas murcham e ficam muito sensíveis.

É ou não é uma flor linda para o Natal?

9 comentários:

Fernando LC. disse...

Oi Grasi, nossa obrigado por visitar o meu blog tb, fiquei muito feliz, e vc foi a primeira eu acho risos. Quanto a minha hortinha aqui de casa esta indo bem agora..no começo eu penei um pouco, mas acho que consegui fazer as coisas certas, se vc olhar as fotos no meu blog verá que nao levo muito jeito né, mas ta indo...risos. Suas dicas foram muito importantes e úteis realmente, obrigado por compartilhar conosco esses conhecimentos todos. Seu blog eh show, sempre visito, continue assim. O meu ta parado pq nao sei como vou divulgá-lo ainda e não tive tempo pra focar nesse aspecto, mas aos poucos as pessoas vão conhecendo né. Boa semana pra vc, abçs.

Ana Paula disse...

Nossa é uma flor linda pra qualquer época do ano. Tem selinho para você e seu blog no Vasos e Panelas, passe por lá. bjs

Suely Chaves disse...

Pôxa Grasi,assim não vale!como vou conseguir um bulbo?E a lavanda,
como se planta?semente,bulbo...é fácil encontrar aqui?
Bom que voltou,beijão.

Cláudia disse...

Grasi, adorei a sua visita ao meu blog. Não preciso dizer que amei o seu. Sei que vou aprender muitas coisas aqui, pois não sei nada de jardinagem, mas quero muito aprender. Adoro gloxínia, foi a primeria flor que meu namorado me deu, atual maridão! Não esqueço nunca esta flor e acho que ela combina muito com o Natal devido `a sua beleza e exuberância. Voltarei sempre por aqui.

bjinhos

Grasiele disse...

Fernando,vou sempre fazer uma visitinha por lá, eu adoro cozinhar! A horta é assim...demora a sair, o início é lento, mas se aprende muito.
Fico feliz por saber que estou ajudando, e muito obrigada pelos elogios ao blog!
Eu tbém sou meio parada aqui no blog, ás vezes fico sem imaginação...mas vou visitando outros,conhecendo, daí as pessoas vão visitando o Na hora da fome.
Ótimo final de semana!
Abaços!

Grasiele disse...

Ana Paula, já passei lá e amei o selinho, vou colocá-lo aqui já já!
Muito obrigada!
Bjos!

Grasiele disse...

Su, hahaha...aqui em casa só tem roxa e branca agora, tinha muita qdo eu era bem pequena...hahaha, ainda sou...
Lavanda se planta por semente, mas aí no Rio, é melhor já a muda mesmo.É fácil encontrar.
Tô enrolada, mas voltando!
Bjão!

Grasiele disse...

Cláudia, eu fiquei com água na boca vendo suas fotos! E que história linda com a gloxínia!Deu sorte então, né?
Seja sempre bem vinda!
Bjos!

Pequenas Artes disse...

Olá querida, tudo bem? Seu blog foi um achado pra mim!!! Puxa, que maravilha. GOsto muito de flores, mas AINDA não levo muito jeito para cuidá-las. Tenho quatro roseiras que compramos como mudas ensacadas, tres delas estão se desenvolvendo bem, mas a quarta que é mini, não deu mais flores nem brotos novos e parece que não cresceu nada desde que chegou, há uns dois meses. Também tenho um gloxínia que quase matei por não saber cuidar, pobrezinha. Me responda uma coisa, tem como salvá-la depois de ter sido regada de maneira errada durante mais de um ano. As folhas não caíram, mas não floresceu mais. Eu jogava água em cima das folhas e flores... Gosto muito dela, acho linda e gostaria de "salvá-la". Se puder me ajudar, ficarei mt agradecida. Desculpe pelo "livro" que escrevi, hehehe.
Um grande abraço e parabéns pelo blog MA-RA-VI-LHO-SO!!!
Fique com Deus.
Lalinha - lalinha.croche@gmail.com