quinta-feira, 14 de junho de 2012

Enxertia de flor-de-maio


Eu e minhas manias de colecionar plantas...atualmente a paixão é por flores-de-seda ou flores-de-maio (Schlumbergera sp) , cactos epífitos originários do Brasil, com flores delicadas e híbridos  de  cores variadas. Esses vasos lindos aqui embaixo são da minha amiga Lílian, que tem praticamente todas as cores.

Aqui em MG teve muita chuva no último verão, e minhas plantas sofreram com isso, pois todas ficam ao ar livre, porque eu não tenho espaço interno. As raízes dessas flores são bem sensíveis ao excesso de água, e exigentes quanto ao tipo de solo. Perdi muitos vasos por causa disso, as estruturas caulinares (chamadas de filocládios) começaram a apodrecer e foram caindo todos.

Eu fiquei lembrando das plantas da minha tia Conceição, que tinhas alguns vasos enxertados e estavam sempre lindos. O porta-enxerto mais utilizado é de um cacto também, que pertence ao gênero Hylocereus, da espécie Hylocereus undatus, também conhecido como flor-da-noite. Eu também fiz com estacas do gênero Selenicereus.

Foi uma novela encontrar essa planta, passei por uma casa que tinha no muro de entrada e a cunhada do dono da casa me deu, a planta é essa aqui embaixo.
 Foto: Cactiguide.com

 Eu peguei uns 4 segmentos, parti em pedaços de 20 cm mais ou menos. Os cortes precisam ser certeiros, deve-se evitar “mascar” os pedaços, pois isso dificulta o pegamento das mudas, eu peguei a maior faca de casa e procurei fazer cortes bem uniformes. 
Peguei os pedaços e plantei em vasos com uma mistura simples, é bem fácil enraizar, usei partes iguais de terra comum, areia e composto orgânico, deixei uns 20 dias pra enraizar , é importante essa fase, porque quando já enraizado, a chance do enxerto sobreviver é maior. Meus vasos ficaram assim (esse pedaço está menor, pois os maiores eu já tinha usado).

Depois eu peguei estaquinhas das flores-de-maio, cortei segmentos com 2 a 3 filocládios, de plantas que já haviam florescido. Essa faquinha não é a própria de enxertia, é dessas pra descascar legumes, comprei no 1,99 e tem sido boa pra substituir o canivete. Fiz um corte nas estaquinhas com a faca bem na horizontal (segurando com a mão esquerda, porque eu sou canhota...) , esse corte deve ser feito para expor os tecidos vasculares do enxerto, que depois vão se unir aos tecidos do porta-enxerto. Assim é feito o corte:
Já no porta-enxerto, eu fui com a faquinha na vertical  dessa forma aqui:

Como minhas estacas eram de 3 cores diferentes, eu fiz 3 cortes e inseri as estacas, dessa forma:

Feito isso deixei á meia-sombra e em local protegido, não pode tomar chuva nessa fase, pois a água nos cortes pode acelerar um apodrecimento.

Existe um material específico para usar em enxertias, um tipo de plástico maleável que é usado para proteger o local do enxerto, eu fui do jeito tupiniquim mesmo e usei fita crepe.

Esses enxertos com 3 cores foram feitos por último, fiz outros com uma estaca só, alguns floresceram já esse ano:

Esse último foi feito num porta-enxerto menos utilizado, ele é bem mais fino que o Hylocereus, mas acredito que vá “vingar”. Quando o enxerto (estaquinha da flor-de-maio) murcha e começa a apodrecer embaixo é sinal de que não deu certo, a cicatrização dos cortes e a formação do novo tecido não ocorreu.

Pessoal, não sou especialista no assunto, foram minhas primeiras experiências em flores-de-maio, já fiz outras enxertias em abacate e laranjeiras (que foram totalmente diferentes desse método), testem vocês também e me contem depois.

A qualidade das fotos não está das melhores, a luz estava péssima, mas eu só tive tempo de fotografar no fim da tarde, depois do trabalho.Agradeço á Lilian por me deixar fotografar seus vasos e á sua filha, a doce Millena que foi minha assitente nas fotos. Aqui embaixo, mais algumas dessas belezuras...

 Abraços!

18 comentários:

leonisia lima dos santos disse...

Adorei a ideia, vou testar. E amei suas flores.Um grande abraço.

Val disse...

Gra,

Que riqueza de detalhes e ainda com memórias da família!

Bjos!

EDILEUZA disse...

OI GRASI,LEGAL SEU BLOG,ADOREI!

EDILEUZA disse...

OI GRASI,ADOREI SEU BLOG!!!

Maxwell Antunes disse...

lhe mandei um e-mail, to aguardando sua resposta!

ps.: ameeeei seu blog!

Laura Mattos Lala disse...

Grasi considero voce uma artista com toda esta sensibiidade, parabéns e beijos,
Laura Mattos

Kit e seu diário disse...

Olá Grasi!

Sou de Ipatinga. Venho convida-la a participar do grupo - Blogueiras do Vale do Aço.
É só pegar o selo em meu blog e me seguir.
Estamos organizando um encontro.

Abraços, Erika (Kit)
http://kiteriaeseudiario.blogspot.com

Anônimo disse...

Boa tarde, sou Andressa e estudo Desenho Industrial na PUC, e vou fazer um projeto voltado para jardinagem. Vi que no seu blog tem algumas pessoas de fora que fazem comentarios.. e gostaria de saber se as pessoas fazem reclamações ou dão sugestões de algum produto que deveria conter no mercado hoje em dia para facilitar o trabalho da jardinagem que ainda não tem. Aceito opinão de qualquer produto de jardinagem. Muito obrigada pela atenção :)

Carlos Silva disse...

Ótimo o seu blog! A enxertia de flor-de-maio em cactus eu fazia muito quando garoto! Isso em 1960! Funciona perfeitamente e fica lindo. Grato pelo seu blog, gostei demais e passa a ser minha fonte de consulta. Abraços, Carlos

Anônimo disse...

gostei de suas informação e das~fotos.maria amelia de Goiânia go 02/06/13.

Jhonatan disse...

Ola Grasi, eu tenho uma duvida! O porta-enxerto precisa enraizar primeiro pra eu enxertar?

Bana Rocha disse...

Tenho alguns cactos enxertados gostaria de saber se eu posso enterrar o cavalo e deixar apenas a ponta enxertada para fora

GHISLAINE disse...

Excelente. Com muita riqueza de detalhes. Amei. Parabéns.

DutchPrincess disse...

Obrigada por compartilhar as informações... Gosto muito da flor de maio. Minha mãe tinha de todas as cores, mas não sei o que aconteceu, agora eu só tenho 1 vaso da cor de rosa, estou tentando não perde-lo.
Parabéns!

Eustólia (Ninha) disse...

Excelentes explicações,ADOREIIIII PARABÉNS pelo belo trabalho! Obrigada, você me ajudou muito!!!

Anônimo disse...

Amei a explicação show

Marta Bortolin disse...

Amei ! vou fazer, pois consegui muda desse cacto e as minhas flor de maio infelizmente despencam tudo, por mais q eu cuide, quem sabe no enxerto consigo conserva-la . Obrigada pela dica.

Coisas de Day disse...

Lindas lindas